• Uma Pequena Descrição

    O Elogio ao Ócio é um texto de autoria do filósofo e matemático inglês Bertrand Russell (1872-1970) que dá título ainda a uma coletânea de outros ensaios do referido autor publicada originalmente em 1935. Para Russel, o trabalho não é ou não deveria ser o objetivo da vida de um indivíduo, trazendo o ideal de um mundo em que todos possam se dedicar a atividades agradáveis, usando o tempo livre, ocioso, não só para se divertir, mas para ampliar seus conhecimentos e a capacidade de reflexão.

    DISPONÍVEL Solicitar

    Receba notificação de novos livros

    Renova Livro - © 2020