• Uma Pequena Descrição

    O Expresso do Oriente de Graham Greene pode não se mostrar exatamente uma história satisfatória como um todo, mas não deixa de ser interessante. Os personagens muito bem modelados nem bons nem maus, apenas humanos com defeitos e virtudes e a forma rebuscada da narração podem ser uma boa referência para qualquer escritor, goste ou não do estilo.
    O Expresso do Oriente, trem cuja linha ligava Paris até Istambul, figura em vários segmentos da ficção. Talvez por sua opulência, sendo o primeiro veículo da linha a possuir vagões dormitórios e vagões restaurantes, ou então por sua fama e história conturbada, foi palco de assassinatos nas tramas Agatha Christie, carregou caçadores de vampiro em Drácula, deslocou-se para o espaço em Doctor Who e sediou a maior parte de um episódio de As Tartarugas Mutantes Ninja. O livro de Graham Greene falha em apresentar uma história variada e mirabolante como algumas das outras obras em que figura o primeiro expresso de luxo do mundo, mas tem o mérito de ser uma das primeiras a utilizar o veículo como palco.

    DISPONÍVEL Solicitar

    Receba notificação de novos livros

    Renova Livro - © 2020